Escolhendo um tema para o espetáculo: saiba mais sobre o primeiro passo de criação

A primeira coisa a se fazer para criar uma grande apresentação é escolher um tema, desenvolver o roteiro e prever os custos financeiros

As escolas de dança criam seus espetáculos de final de ano para seus alunos mostrarem no palco tudo que aprenderam durante aquele período, além de oferecer a eles uma oportunidade de experimentarem a vida artística. Aqui na Petite amamos cada momento do evento, por isso, iremos compartilhar como nós criamos esse momento tão especial. Com a ajuda da Nelma Darzi, nossa diretora artística, iremos entender melhor o primeiro nível de criação de um espetáculo.

Nelma já compartilhou em outro post do nosso blog como é feito o processo de criação de espetáculos aqui na escola e você pode conferir clicando aqui. Mas, hoje, iremos falar mais profundamente sobre a primeira etapa no processo de criação de um espetáculo: a escolha do tema, o desenvolvimento do roteiro e o planejamento de custos.

Antes de começar a produzir um espetáculo, você precisa definir qual história será contada a partir do tema escolhido.

Antes de começar a produzir um espetáculo, é necessário saber qual o tema ou a história que será contada. Nelma já contou que gosta de pesquisar junto com a equipe através de uma reunião em que cada um traz uma ideia, por exemplo, de uma adaptação de um livro infantil. Além disso, nossa diretora se inspira por meio de filmes, documentários, músicas e muito mais do setor cultural.

Depois de ter decidido o tema é preciso saber como será o decorrer da história. Nelma diz que é necessário escrever um roteiro que explique o caminho da história que será contada na apresentação que deve conter a ordem das coreografias de cada turma e, se houver, o elenco do teatro. Ou seja, com o roteiro você já saberá como funcionará todo o espetáculo.

Entretanto, antes de começar a produzir os figurinos, criar os cenários e montar as coreografias, é preciso realizar um último passo nesta primeira etapa de criação: um planejamento de custos. Com ele você prevê o investimento financeiro que será feito ao longo da produção do espetáculo e quanto deverá ser cobrado na venda de ingressos para cobrir os custos. Além disso, com a previsão dos gastos para a apresentação, como equipe, cenários, figurinos, fotógrafos e aluguel do teatro, você consegue definir quanto será cobrado na taxa de inscrição dos alunos que irá ajudar a pagar todos os gastos da produção.

Após essa primeira etapa, você já pode começar a distribuir as turmas e as coreografias de cada uma, assim como pensar na trilha sonora do espetáculo, mas este será tema do próximo post!

E para você se inspirar, assista ao nosso vídeo sobre o nosso espetáculo que adaptou a história infantil “Alice no País das Maravilhas” para um estilo bem mais brasileiro:

WhatsApp
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.