fbpx

Porque toda bailarina deve coreografar pelo menos uma vez?

A maneira como criamos e consumimos a dança está mudando a cada dia. Agora, mais do que nunca, o campo exige que os dançarinos não apenas atuem no mais alto nível, mas também colaborem com os coreógrafos para dar vida às suas visões artísticas. Dançarinos que perdem o treinamento coreográfico podem muito bem se encontrar em desvantagem enquanto tentam iniciar suas carreiras.

No Conservatório de Boston em Berklee – que acabou de ser nomeado uma das melhores escolas para aspirantes a coreógrafos pela revista College – os cursos de coreografia são um aspecto essencial do currículo. “As habilidades que você aprende ao fazer coreografias, fazem de você um artista melhor e ajuda a construir um portfólio diversificado”, diz o diretor de dança Tommy Neblett. ” Sem mencionar que essas habilidades são transferíveis para tantas áreas diferentes dentro e além das artes performáticas”.

Eis por que a Neblett recomenda que todos os alunos de dança tentem coreografia pelo menos uma vez:

1. Você terá uma enorme vantagem profissional.
Mesmo que o seu foco seja como um bailarino (a), entender o processo criativo por trás de contar uma história visual torna-o muito mais valioso para qualquer coreógrafo ou diretor, diz Neblett. Não só você entende a língua deles, mas também pode falar.

2. Você se tornará um melhor comunicador.
Ao criar novas forças de trabalho você pratica a comunicação com seus bailarinos e colaboradores. Neblett acredita que a coreografia lhe dará as habilidades para articular claramente sua visão artística, fornecer feedback produtivo e gerar um diálogo significativo.

3. Você será inspirado de novas formas.
Aproximar-se da dança da perspectiva de um coreógrafo permite que você pense sobre essa forma de arte de maneiras que você não faria como bailarino, diz Neblett. “O bailarino (a) pode desbloquear espaços de criatividade que ele nem sabia que tinha, e que poderiam se traduzir em sua arte como artista.”

4. Você aprenderá assistindo o produto final.
Não há nada como ver sua visão ganhar vida no palco e ver como os membros da audiência respondem a ela. É também uma ótima oportunidade de aprendizado para ver quais momentos foram bem traduzidos e quais não foram, diz Neblett.

5. Você terá mais liberdade.
Dançarinos profissionais que podem coreografar têm mais controle sobre suas carreiras, diz Neblett. Ser capaz de mudar de carreira e canalizar sua criatividade de uma maneira diferente, mantém você fazendo o que ama e abre novas oportunidades.

 

Essa matéria foi traduzida de: https://www.dancemagazine.com/5-reasons-every-dancer-should-choreograph-at-least-once-according-to-boston-conservatory-at-berklee-2632017113.html?rebelltitem=1#rebelltitem1

Por Luiz Cardim.



A Petite Danse quer enviar conteúdos exclusivos para você!

Entre na nossa lista de e-mail e comece a receber agora mesmo conteúdos feitos para Professores, Alunos e Donos de Escolas.

Sucesso! Enviamos um e-mail para você, verifique seu SPAM