Como é ser primeira bailarina no Royal?

Mayara conta um pouco dos bastidores da sua trajetória e do seu dia a dia em uma matéria exclusiva

Mayara Magri, nossa ex-aluna e atual primeira bailarina do Royal Ballet, deu uma entrevista à Folha de São Paulo com destaque de página inteira na edição de domingo para contar sobre a sua trajetória no ballet desde a Petite até sua estreia no papel Odile/Odette no famoso “Lago dos Cisnes” de Tchaikovsky.

“Mayara tem uma personalidade única aliada a uma forte técnica que imediatamente se conecta com o público.”

– Kevin O’Hare, diretor do Royal Ballet

Mayara conta como foi sua promoção à primeira bailarina, qual a diferença de ser primeira bailarina e solista, e fala também sobre seu relacionamento com o bailarino do Royal Matthew Ball e como iniciou seus estudos de ballet por meio do Projeto Social Dançar a Vida. Além disso, ela explica uma importante diferença do ballet infantil no Brasil e na Inglaterra. Veja a matéria completa abaixo:

WhatsApp
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.