fbpx
Mayara Magri foi promovida a solista do Royal Ballet, em Londres

Mayara Magri foi promovida a solista do Royal Ballet, em Londres

Aos 8 anos, ela fez um requerimento de bolsa de estudos para a Escola de Dança Petite Danse, através do Projeto Social Dançar a Vida. Pequena, magrinha, com brilho nos olhos e um talento indiscutível, pronta para ser trabalhada e anos mais tarde, ingressar em uma grande Cia de dança. Hoje, Mayara Magri foi promovida a solista do Royal Ballet, em Londres.

Mayara Magri foi promovida a solista do Royal Ballet, em Londres

Em 2011, participou do YAGP, em NY e do Prix de Lausanne, na Suíça. Ganhou primeiro lugar em ambos os festivais. Uma conquista inédita para qualquer bailarino brasileiro.

Pelo YAGP, conseguiu uma bolsa de estudos para o Royal Ballet School, a Escola de dança do Royal. E assim que se formou, foi convidada a ingressar na Cia do Royal Ballet, uma das mais requisitadas do mundo!

Em 2016, foi promovida a SOLISTA, uma posição de destaque dentro do corpo de baile de uma companhia. Esses bailarinos são responsáveis por atuarem nos principais papeis do repertório clássico.



A Petite Danse quer enviar conteúdos exclusivos para você!

Entre na nossa lista de e-mail e comece a receber agora mesmo conteúdos feitos para Professores, Alunos e Donos de Escolas.

Sucesso! Enviamos um e-mail para você, verifique seu SPAM