A conexão entre a dança e o teatro

Essas artes estão conectadas pela criatividade, o trabalho com a expressão e muito mais, mas também têm suas diferenças

A dança e o teatro são mais parecidos do que imaginamos, as duas artes cênicas estão relacionadas através da representação e dramatização de uma temática, por histórias, emoções ou mensagens. Vamos te contar como acontece essa ligação, suas diferenças e as vantagens de um bailarino fazer aulas de teatro.

A conexão entre a dança e o teatro está presente na criatividade, interpretação e sincronização

A característica mais marcante entre o teatro e a dança é a expressão através de movimentos coreografados. No teatro, os atores interpretam as emoções de seus personagens pelo modo de falar, andar e, até mesmo, observar os outros em cena; sendo necessário saberem executar o movimento certo para atuarem numa cena de briga, por exemplo.

Já na dança, a movimentação é a base para qualquer apresentação, mas que sempre é complementada pela representação dos bailarinos. Nos ballets de repertório, os solistas que interpretam personagens, como Odile, o Quebra-Nozes e Giselle, precisam ir além da coreografia e utilizar expressões faciais para incorporarem seus personagens, como é feito no teatro.

A segunda relação é que os dois sempre estão contando uma história. Toda coreografia, no mundo da dança, é criada a partir de um sentimento que, por meio dos passos, conta a história; e o teatro é popularmente conhecido por formar narrativas através da criação do roteiro.

A sincronização também é algo presente nos dois estilos de manifestação e é necessário os artistas estarem no mesmo ritmo para não haver nenhum erro durante as apresentações. Além disso, o limite de espaço também é trabalhado pelos dois, visto que uma bailarina divide o palco com o corpo de baile, assim como o ator com o elenco.

Por fim, a diferença entre os dois estilos de interpretação é que o teatro utiliza a dramatização para falar direto com o público, enquanto a dança, fala indiretamente com quem assiste. Outro ponto diferente é a presença da música, a dança só existe com sua trilha sonora, por outro lado, o teatro usa a música como um complemento.

Para um bailarino, é importante saber atuar porque isso ajuda a desenvolver sua habilidade de interpretação, facial e até corporal. Para atores, fazer aulas de dança, auxilia a soltar mais o corpo, a ter uma melhor memória muscular e a entender como atuar com o corpo.

E qual a forma de misturar melhor essas duas artes que amamos? Teatro musical! O estilo que incorpora dança, canto e interpretação de uma vez só! Pensando nisso, a Petite Danse firmou uma parceria com o Ceftem, o Centro de estudos e formação em teatro musical, um dos mais respeitados do Brasil. Desde março de 2021 o Ceftem está junto com a Petite na unidade Vogue Square oferecendo os melhores cursos da área. Que tal aproveitar pra agendar uma aula experimental com a gente? Clique aqui e fale com o WhatsApp da nossa unidade Vogue Square.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a gente
Enviar via whatsapp