Setembro Amarelo: como a dança pode ajudar?

Saiba como esta atividade física traz benefícios para a nossa mente e corpo

A dança é um meio que pode ajudar a fortalecer o Setembro Amarelo, pois a expressão artística através do corpo traz diversos benefícios para nossa saúde física e mental por meio da liberação de hormônios que dão a sensação de felicidade. O Setembro Amarelo é uma campanha de prevenção ao suicídio que ocorre durante todo o mês e não podemos deixar de falar sobre isso no mundo da dança.

O mês de setembro foi escolhido para representar a campanha devido à comemoração do Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, no dia 10 de setembro.

Mas você sabia que a dança ajuda a termos uma vida mais saudável?

Devido à liberação de endorfina, dopamina e serotonina, hormônios que dão a sensação de prazer e felicidade, a dança pode auxiliar a combater a depressão e o estresse. Além disso, traz outras vantagens para a nossa saúde mental como: o desenvolvimento da autoconfiança, diminuição da ansiedade e o estímulo da memória.

Já para manter um corpo saudável, a dança é uma ótima opção de atividade física, pois ela ajuda a fortalecer os músculos, melhorar a postura e a desenvolver a flexibilidade; e todos podem aproveitar seus benefícios, incluindo crianças a partir de 2 anos, grávidas e quem já está na terceira idade. Para saber mais sobre a importância de continuar dançando para a sua saúde clique aqui!

Além da prática da dança, outra coisa desse mundo artístico que gera vantagens para a nossa saúde mental é a música – e principalmente a música clássica. Diversas universidades realizaram pesquisas científicas nas quais descobriram que esse estilo sonoro produz melhorias psicológicas; por exemplo, combate à insônia, aumenta a capacidade intelectual e estimula a criatividade. 

Agora que você já sabe como a dança pode ajudar na sua saúde, não deixe de compartilhar e esteja atento aos possíveis sinais de pessoas ao seu redor que podem indicar necessidade de um apoio, como: vontade de se isolar, mudanças marcantes de hábitos, perda de interesse por atividades de que gostava e descuido com a aparência, escola ou com o trabalho.

Se você precisa de ajuda, ou conhece alguém, ligue para 188, mande um e-mail ou entre em contato com os voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV) através do site www.cvv.org.br! E para saber mais sobre a campanha clique aqui.

Por fim, a dança nos traz momentos de lazer e socialização que nos auxiliam a ter uma vida mais saudável e, por isso, a Petite Danse tem diversas modalidades para você escolher e melhorar sua qualidade de vida. Clique aqui para acessar nossa grade de horários e agende sua aula experimental em uma de nossas unidades através do Whatsapp.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.