Reverência: um ato de respeito no mundo da dança

O agradecimento na dança é um momento de gratidão que pode ser feito no final de uma aula ou apresentação

A reverência é um ato que demonstra respeito realizado pelos dançarinos dentro das salas de aula e no encerramento de suas apresentações, ele pode ser feito através de um agradecimento coreografado ou uma salva de palmas para o professor ao final da aula, por exemplo. E para você entender ainda mais sobre este grande ato do mundo da dança, convidamos o nosso professor de ballet clássico, Luiz Henrique para explicar como se deve reverenciar.

Luiz define a reverência como uma forma dos bailarinos sinalizarem que a dança acabou e também de agradecer ao público pela atenção que lhe foi dada. Além disso, é uma maneira de agradecer ao professor pela aula e pelos ensinamentos.

A reverência é um ato de respeito no mundo da dança e, por isso, não pode deixar de ser feita ao final da aula ou de apresentações.

Nas apresentações de ballet ela tem diversos significados, dependendo da obra e do momento que está sendo apresentado. Luiz conta que quando a coreografia é apresentada em dupla (pas de deux) ou em trio, ao final da coreografia eles se cumprimentam e depois fazem o cumprimento ao público. Já em coreografias de conjunto, a reverência é feita somente ao público quando não há solista no grupo. “Quando tem solista, a reverência é feita separadamente começando pelo corpo de baile, depois pelos demi solistas, se houver, e, por último, pela solista”, diz o professor.

Dentro das aulas de ballet, a reverência significa sinal de respeito com o professor. “O ideal é que ela seja feita no início e no final da aula. Também deve ser feita para alguém de maior cargo dentro da escola como diretores, convidados ou coreógrafos que são chamados para assistir determinadas aulas. Em dias de prova, a reverência pode até ser coreografada pelo professor para ficar padrão para a banca avaliadora”, explica Luiz.

Por fim, Luiz conta que existem diversas maneiras de se fazer a reverência, cada ballet de repertório ou neoclássico tem sua característica própria pelo fato de seguirem uma história. O coreórgrafo/remontador constrói junto ao ballet apresentado a forma correta ao fazer sua reverência. Ele explica como que a reverência feita pelos homens se diferencia das mulheres: “Geralmente os homens não ajoelham e fazem apenas movimentos com a cabeça e os braços. Já as mulheres usam o corpo todo. Elas sobem os braços sob a cabeça, ajoelham sobre uma das pernas e inclinam o corpo para frente”.

No ballet, os homens reverenciam apenas se curvando, enquanto as mulheres dobram seus joelhos para agradecer.

Não deixe de agradecer no final da aula ou de apresentações, pois o momento da reverência é aquele que você tem para entregar a sua gratidão por tudo.

Clique aqui para conferir a nossa grade de horários e aproveite para agendar uma aula experimental com uma de nossas equipes de atendimento pelo Whatsapp!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a gente
Enviar via whatsapp