O impacto das telas no desenvolvimento infantil

Conheça o impacto da tecnologia para as crianças e saiba como melhorar a qualidade de vida dos pequenos

Quando utilizadas em excesso, as telas dos celulares, computadores e das televisões podem gerar grandes impactos negativos no desenvolvimento das crianças. E uma maneira de reverter a situação é fazendo com que ela viva mais fora das telas, praticando esportes, brincando ao ar livre e realizando atividades lúdicas; e a dança é uma ótima opção para desenvolver habilidades motoras e cognitivas dos pequenos!

Estudos científicos apontam que os primeiros mil dias de vida determinam uma boa parte do amadurecimento das estruturas e regiões cerebrais, sendo consequência do tempo, da experiência e das relações vividas pelas crianças durante este período. Com a pandemia, os pequenos passaram mais tempo nos computadores para assistirem as aulas online, o que aumentou o número de horas nas telas.

A Sociedade Brasileira de Pediatria indica limitar o tempo de uso ao máximo de uma hora por dia, para crianças entre dois e cinco anos, com a supervisão de pais, cuidadores ou responsáveis. Com isso, a criança estará prevenindo os possíveis problemas causados pelo excesso uso das telas: transtornos do déficit de atenção e hiperatividade, ansiedade devido ao imediatismo proporcionado pela internet, transtornos do sono, sedentarismo pela falta da prática de exercícios, cyberbullying, problemas visuais como miopia, e transtornos da imagem corporal e da autoestima.

Mas e no resto do tempo livre, o que a criança deve fazer?

Para a criança ter um bom crescimento, ela deve praticar atividades e participar de brincadeiras que desenvolvam suas habilidades motoras, cognitivas e sociais. A dança é uma ótima opção de atividade completa, pois atende todos os requisitos para um bom desenvolvimento infantil.

Durante as aulas de dança, as crianças aprendem a memorizar, ganham noção espacial, fazem exercícios de musculatura, estimulam a circulação sanguínea, desenvolvem o sistema respiratório, ganham agilidade, reflexos e equilíbrio e, ainda, desenvolvem habilidade motora ao trabalharem todo o corpo, desde as pontas dos dedos do pé até a cabeça.

Além disso, a dança ajuda a tornar a criança mais focada, disciplinada, confiante e mais sociável ao realizarem trabalhos em conjunto dentro das salas, além de aguçar a criatividade e expressividade. Veja como essas aulas podem ajudar no desenvolvimento infantil!

As crianças entre dois e cinco anos devem ter no máximo uma hora por dia no celular, computador ou televisão; e, para aproveitar o tempo livre, fazer atividades que gerem grandes benefícios como a dança.

Aqui na Petite, criamos aulas para desenvolver as habilidades necessárias das crianças através de uma metodologia própria construída por nossa diretora, Nelma Darzi, e atualizada ao longo de mais de 30 anos de escola!

Para crianças a partir de 2 anos, oferecemos turmas de Baby Class; mas aquelas que têm entre 3 a 4 anos, já estão aptas para as aulas de Preparação para o ballet. O programa das turmas conta com aulas historiadas, baseadas em contos, imaginação, personagens e uso de objetos e acessórios que deixam o processo mais divertido.

Por fim, para crianças a partir dos 6 anos de idade, temos mais opções de modalidades, como: Pré Jazz, Pré Tap (sapateado) e Pré Street. Uma iniciação na modalidade desejada pela preferência de ritmos e dinâmicas, e totalmente adequada à faixa etária.

Entendendo a importância de diminuir o tempo de tela e aumentar a prática de atividades necessárias para um bom desenvolvimento infantil, que tal agendar uma aula experimental para seu filho ou sua filha? Mas não se esqueça de conferir a nossa grade de horários clicando aqui

WhatsApp
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.