fbpx

Como se preparar para audições de ballet

Para quem quer seguir carreira como profissional na dança, será inevitável passar por audições. Mas algumas vezes pode ser que elas partam os corações dos bailarinos que participam. Elas não precisam ser, necessariamente traumáticas para os bailarinos amadores, mas com certeza são um rito de passagem, provando que você está pronto para um novo nível, uma nova escola, um novo papel; portanto, para um novo desafio na sua vida como bailarino. Mesmo se você nunca quiser dançar profissionalmente, você provavelmente fará uma audição para uma escola ou ainda para um curso de verão. Na maioria dos casos, uma audição é uma aula de ballet completa, seguindo a ordem de uma aula normal: barra, centro, diagonal e ponta para as meninas de nível mais avançado.

Participar de audições é uma habilidade própria, pois é um teste de como é a sua performance enquanto você dança sob pressão. Você deve aprender a lidar com audições, mas uma oportunidade decisiva pode não ser o lugar para fazer esse aprendizado. É bom participar de várias audições para ir ganhando experiência, mas não é uma boa ideia passar por cima da provação repetidamente por esse motivo. As audições são uma aula, mas não é toda audição que realmente vale a pena. Tente sempre avaliar isso: será que essa audição vale mesmo a pena para você? Será que você quer mesmo aquela escola, aquele papel?

Mas como se preparar para elas verdadeiramente? É sobre isso que vamos falar aqui neste post!

1)    Não deixe de continuar fazendo aulas de ballet

É a aula que nos prepara fisicamente, mantém a nossa ténica em dia e nos faz evoluir! Por isso vai ser sempre importante que você continue frequentando as suas aulas de ballet. Ou ainda pode ser que você precise fazer aulas específicas para te preparar para aquele tipo de audição. Seja qual for o caso, nunca se esqueça da sua disciplina e se mantenha focado no que você quer que logo logo o resultado que você tanto deseja será alcançado!

2)    Esteja em dia com a sua alimentação e com o seu sono

Se o sono e alimentação já são fontes vitais de energia para qualquer ser humano, imagina para o bailarino que é exigido do corpo o tempo todo? Bailarino que não dorme bem e não se alimenta bem não vai ter energia para dançar bem!

Além disso, lembre-se de que nos dias de audições já ficamos mais estressados que o normal, devido à pressão de sermos aprovados; então, tenha ainda mais atenção no seu sono e na sua alimentação nesse dia! O estresse pode baixar a imunidade, se não tiver com o sono e alimentação bem cuidados, então, pode ficar ainda mais vulnerável! Então pense com carinho em tudo que você vai comer nos dias anteriores a essa avaliação e procure dormir sempre bem!

3)    Leia com atenção todo o regulamento

É o regulamento que vai te dizer como deve se vestir, o que pode levar, que horas chegar, o endereço… Ou seja: tudo o que pode e o que não pode. Então leia com calma e atenção o quanto antes e revise quando o dia estiver chegando para poder se preparar melhor!

3.1) O que vestir

No regulamento vai estar escrito o que será preciso levar com você e o que você pode vestir. Por exemplo, pode ser que em algumas audições não seja permitido o uso da saia. Já vi alguns professores exigirem que as meninas não usem saias nas aulas para que possam ver se a bailarina está ou não trabalhando desencaixada.

Esteja atento a esse tipo de proibição para não ser eliminado logo de cara por um motivo tão simples! Mas de uma forma geral, prefira o mais simples e básico possível e nada que fique te incomodando e você tenha que ficar ajeitando o tempo todo. Por exemplo, para as meninas, prefira collant preto, meia calça (embaixo do collant e não em cima), sapatilha de meia ponta (sem furos e rasgos) e sapatilha de ponta (verifique se precisa costurar com antecedência! Ninguém vai querer uma fita descosturando e uma ponta saindo do pé num dia que já é tenso, não é? E também verifique o estado dela! Procure ter uma sapatilha que não esteja nem mole demais nem dura demais para esse momento); para os meninos, blusa branca, malha escura e sapatilha de meia ponta (veja se o regulamento não exige uma cor específica; mas se a sua malha for calça, prefira a meia ponta escura também).

Além disso, no dia você vai receber um número para por na frente e nas costas para que os jurados te identifiquem por ele. Colocar um número preso à roupa pode dar uma pressão a mais, mas são as regras do jogo. Então, esteja preparado para isso.

3.2) Maquiagem e cabelo

Pode ser que tenha audições que proíbam muita informação na maquiagem! Então, assim como a roupa, pense aqui também que vale o mais simples possível! Não é maquiagem para palco, é para aula! Então, você pode ou ir sem maquiagem mesmo, ou, se você do tipo que faz questão da maquiagem ou acha que ela te dá mais beleza, aposte no básico: apenas um corretivo nas imperfeições, pouco blush, e pouco rímel.

Já o cabelo, pense no que te deixa bem e que você tenha certeza que não vai te atrapalhar. Para as meninas, eu pensaria também no coque mais simples de todos: o rabo bem preso para trás, sem fiapos para fora, bastante grampo e redinha fina. Para os meninos, um corte de cabelo que não fique caindo no rosto e sem muitos acessórios na cabeça, como bandanas e afins, e se precisar, gel para o cabelo ficar no lugar.

3.3) O que levar

Lembre-se de que as audições de uma forma geral são muito cheias, e com isso, a sala de aula, fica cheia também. Pode ser que a sua bolsa fique dentro da sala que você vai fazer o teste, logo, mais uma coisa para ocupar espaço lá dentro.

Então não pense em levar tudo o que você levaria para uma apresentação! Mais uma vez: seja simples! Leve somente o que você realmente vai precisar. Leve sua roupa, sua sapatilha, garrafa d’água e talvez um lanche, dependendo da duração. Bananas, por exemplo, são boas opções.

3.4) Variações

Pode ser que em algumas audições você tenha que apresentar para a banca variações de ballet de repertório ou mesmo solos de contemporâneo. Procure se informar sobre isso, estude e ensaie! Saiba o seu solo nos mínimos detalhes! Saiba cada detalhe do braço, da perna, da posição do corpo em relação ao palco e até mesmo a expressão corporal! Procure dar uma estudada na história daquele ballet de repertório porque saber a história vai te ajudar a entender como dançar!

Além disso, as bancas dão valor, não só a técnica do bailarino, mas também a expressão dele! Afinal, bailarinos não são máquinas, mas artistas não é mesmo? Já ouviu algo do tipo: “a fulana é boa, mas dança com uma cara de parede”? Então, deixe a sua “cara de parede” de lado e realmente mergulhe no seu personagem! A banca com certeza vai reconhecer isso!

Mas para isso serão necessárias algumas semanas e talvez até alguns meses de ensaio constante!!!

3.5) Como se comportar

O comportamento de uma audição é similar ao das aulas, sendo que a audição é uma situação de mais competitividade. Você tem que se portar com confiança, e mais importante, você tem que se apresentar. Isso não quer dizer que você tenha que empurrar os outros bailarinos para fora de seus lugares, mas se você se esconder no fundo, você não será visto e muito menos escolhido. Competições não trazem o melhor das pessoas, então esteja preparado se o ambiente for um pouco pesado. Esteja preparado, atento, seja educado, autoconfiante, e mostre o seu melhor como bailarino.

Pode ser que os jurados deixem os bailarinos permanecerem e cortarem os que forem eliminados enquanto a aula da audição esteja acontecendo. Especialmente as audições muito cheias terão muitos cortes, que pode ser até mesmo após cada exercício para ir eliminando a quantidade de gente. No final da audição, alguns poucos bailarinos vão sobrar. Mas infelizmente, chegar ao final de uma audição não significa necessariamente aceitação. A maior parte do tempo significa que você está no grupo final de candidatos e uma decisão será tomada mais tarde, possivelmente após mais audições.

3.6) Audições por vídeo

A maior parte das audições são presenciais, mas em alguns casos, pode ser que seja em vídeo, ou até mesmo algumas audições presenciais aceitem o vídeo de quem não possa ir pessoalmente.

As mesmas regras quanto a vestimenta, maquiagem e cabelo valem aqui. Pensem no mais simples possível!

Quanto ao lugar que vai ser filmado, atente às regras se não tem nada muito específico, mas dê preferência em filmar numa escola de ballet com uma mínima estrutura adequada para você dançar.

Quanto ao que você irá mostrar no vídeo, também atente às regras, mas geralmente os jurados pedem uma aula completa ou uma variação.

Quanto à qualidade do vídeo, se o regulamento nada disser, só tente ver se a qualidade da imagem está dando para te ver bem, sem cortar nenhuma parte do corpo e se o som está funcionando e não tem falhas.

Mas não se esqueça de respeitar o prazo para envio do vídeo!!!

4)    Se você não passar

Se mesmo se preparando, estudando, ensaiando, fazendo tudo direitinho e usando essas dicas e você ainda assim não foi selecionado, não foi aprovado, não desanime! Tudo tem o seu momento certo para acontecer e não significa que você é um bailarino ruim! Muitas vezes os jurados querem uma coisa específica, ou um tipo físico específico. Nunca pense que você não foi escolhido por falta de talento. Pense sobre o que você aprendeu com aquela audição e o que você pode melhorar. Lembre-se de mostrar aos jurados que você sabe dançar! Seja você mesmo e dê o seu melhor! Continue treinando e participando de audições, que a sua hora também vai chegar!

Essas foram as dicas mais importantes para se preparar para audições. Nós da Escola de Dança Petite Danse estamos fazendo uma seletiva para MENINOS entre 8 e 18 anos que querem trabalhar como bailarinos profissionais para ganhar uma bolsa de 100% aqui na escola!

A primeira etapa é por vídeo e as informações estão aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=nuNULyBZ99s



A Petite Danse quer enviar conteúdos exclusivos para você!

Entre na nossa lista de e-mail e comece a receber agora mesmo conteúdos feitos para Professores, Alunos e Donos de Escolas.

Sucesso! Enviamos um e-mail para você, verifique seu SPAM