fbpx

Como melhorar no Adágio

O adágio é uma combinação de passos feito para a música lenta com o objetivo de desenvolver a graça, o equilíbrio e o senso de harmonia e beleza das linhas. É também a parte do grand pas de deux clássico dançado pela bailarina e pelo bailarino juntos.

Praticar o adágio ajuda a obter pernas fortes e resistentes. Por esses movimentos, os bailarinos começam a utilizar plenamente suas habilidades físicas (flexibilidade e en dehors nas grandes posições).

O adágio é muito importante, fortalece os músculos das costas e evita traumas durante a execução dos movimentos do centro, incluindo pequenos e grandes saltos.

A beleza da sua linha e a fluidez dos seus movimentos são tão importantes quanto os próprios passos, muitos dos quais são exatamente o que você pratica na barra: plié, développé, grand rond de jambe, fondu, atitude, arabesque, e penché.

Durante o centro você conecta os passos e os pratica em diferentes direções do corpo: croisé, écarté, effacé e assim por diante. Você costuma mudar de direção com promenades, normalmente em um attitude ou arabesque, girando seu corpo sob seu calcanhar de base e mantendo a sua posição.

 

Dicas para melhorar no adágio

 

. O público pode estar observando sua perna de trabalho, mas você deve se concentrar na sua perna de base; seu adágio depende disso. Sua perna e quadril de base devem ser tão fortes quanto um tronco de árvore, como uma árvore, parecer enraizados no chão.

. Se seus arabesques são instáveis, pratique-os. Em um arabesque, levante a perna de trabalho a uma altura que você pode controlar, e mantenha a posição em uma contagem de cinco. Repita várias vezes, sempre pisando na mesma perna e atravesse a sala de ballet. Quando você chegar ao outro lado, seus músculos das costas estarão mais colocados e seu arabesque mais seguro. Pratique nos dois lados.

. Segure o seu en dehors. É melhor sacrificar um pouco mais na altura do que distorcer a forma, o seu alinhamento.

. Use o adagio para trabalhar a musicalidade e maximizar o potencial expressivo dos braços, cabeça e olhar, bem como o das pernas. Sua linha não é apenas sua extensão, e mesmo uma extensão espetacular não tem sentido se não estiver coordenada com o resto do corpo.

. Pegue a seguinte dica dos bailarinos de jazz sobre a extensão frontal: pratique os grand battements devant no centro com a perna de base dobrada. O momento da força do chute e a liberdade da restrição de uma perna reta de base levarão a sua perna para o alto. Depois de experimentar isso, você pode tentar refazer o movimento em uma posição correta para o ballet. Mas lembre-se sempre de se aquecer cuidadosa e completamente primeiro.



A Petite Danse quer enviar conteúdos exclusivos para você!

Entre na nossa lista de e-mail e comece a receber agora mesmo conteúdos feitos para Professores, Alunos e Donos de Escolas.

Sucesso! Enviamos um e-mail para você, verifique seu SPAM