fbpx
 

É impossível alcançar o sucesso sozinho. Ao lado daqueles que chegaram ao topo, sempre existiram pessoas que apoiaram, ensinaram e ajudaram.
Já pararam para pensar que com um pouquinho de cada um e com gestos simples, podemos literalmente mudar o rumo da vida de alguém?! Se você acredita na arte e entende que ela pode transformar vidas, apoie jovens talentos da dança!

Sobre o projeto

Desde 1988, a Escola Petite Danse forma bailarinos e encaminha para grandes companhias de dança do mundo. Muitos deles, foram oriundos do Projeto Social Dançar a Vida, que atua em parceria com a escola Petite Danse, disponibilizando bolsas de estudos para crianças e adolescentes de escolas da rede de ensino público. O Projeto não conta com nenhum tipo de patrocínio além do apoio da Escola Petite Danse.

Sobre a campanha da Giovanna

A Giovana é uma aluna de 12 anos do Projeto Social Dançar a Vida. Ela é talentosa, disciplinada e com muito potencial técnico, porém, no início do ano, percebemos que ela não estava mais frequentando as aulas de dança. Entramos em contato com a família e descobrimos que as faltas se deviam a problemas financeiros dos pais, que moram em Mesquita Nilópolis e para chegar na escola, precisam utilizar o trem e o metro. Devido ao alto custo das passagens, não estavam conseguindo arcar com o valor mensal de R$ 428.
Acreditamos que com um pouco de cada, podemos realizar coisas incríveis e por isso, estabelecemos um valor de R$ 20,00 por mês para cada pessoa interessada em ajudar, o plano tem um numero máximo de participantes que corresponde ao valor necessário, após atingirmos esse numero, o sistema não aceita novos apoiadores.
Criamos um sistema de débito recorrente para facilitar o procedimento, a cobrança tem validade e expirará em Dezembro de 2019 automaticamente. Nesse período, vamos analisar a situação dos pais e verificar a necessidade de continuarmos com o apoio após as férias de Janeiro. Porém, é possível de forma simples cancelar o débito recorrente a qualquer momento, caso seja necessário.
Dúvidas:
2486-3472 I Falar com Renata Darzi.
Para a assinar o debito recorrente e ajudar agora, clique aqui  ou no botão abaixo

NOVIDADES

  • Estamos nos aproximando daquela época do ano deliciosa; espetáculo de final de ano + férias + verão! E esse ano, nosso espetáculo infantil conta um pouquinho sobre as coisas boas do Brasil; a natureza, comidinhas típicas, personagens inesquecíveis e músicas que marcaram a história! Com......

  • A história de Ingrid Santos da Silva começa como a de muitas meninas, que desde pequenininha queria ser bailarina. Mas neste post você vai saber como Ingrid foi dançar em uma das maiores companhias de ballet dos EUA. Ela nasceu em Benfica, no Rio de......

  • 1)A coreografia original foi feita por Arthur Saint-Leon, um dos principais maîtres da Ópera de Paris, que logo depois seria substituído por Petipá. Mas, tem se usado muito a versão do coreógrafo cubano Enrique Martinez, criada originalmente para o American Ballet Theater em 1968 e......

  • Plié, primeiramente, significa “dobrado”, que no ballet, indica que é um movimento de dobra dos dois joelhos. Se for dobra de apenas um dos joelhos, isto denomina-se fondu e não plié. Os pliés aquecem os músculos e as articulações das pernas, já exercícios seguintes. Eles......

A Petite Danse quer enviar conteúdos exclusivos para você!

Entre na nossa lista de e-mail e comece a receber agora mesmo conteúdos feitos para Professores, Alunos e Donos de Escolas.

Sucesso! Enviamos um e-mail para você, verifique seu SPAM